Notícias



Willian quer cassação de alvará de postos que vendam combustíveis adulterados em Sumaré

Visualize fotos

 

Projeto protocolado pelo vereador pretende punir de forma mais rápida estabelecimentos infratores

 

O presidente da Câmara Municipal de Sumaré, vereador Willian Souza (PT), protocolou, na tarde desta segunda-feira (22), o Projeto de Lei nº 112/2020, que determina a cassação de alvará de funcionamento de estabelecimentos que comercializam combustíveis adulterados em Sumaré. A proposta, que tem como finalidade criar condições municipais para acelerar a punição de postos infratores, deve ser ainda avaliada pelas comissões parlamentares da Casa de Leis.

Segundo o projeto, será cassado o alvará de funcionamento do estabelecimento que adquirir, distribuir, transportar, estocar ou revender derivados de petróleo, gás natural, álcool etílico e demais combustíveis em desconformidade com as especificações estabelecidas pelo órgão regulador competente. A comprovação da adulteração deverá ser realizada através de laudo da Agência Nacional de Petróleo (ANP) ou entidade credenciada ou com ela conveniada para elaborar exames ou análises de padrão de qualidade de combustíveis.

A propositura estabelece que, uma vez constatada a infração, o poder público deverá determinar a instauração de processo administrativo, permitindo que o acusado se defenda, para, só depois da decisão, cassar seu alvará de funcionamento. Caso a empresa tenha seu alvará cassado, ficará proibida de obter novo documento que permita seu funcionamento, para o mesmo ramo de atividade, pelos próximos cinco anos, podendo responder penalmente pelo ato praticado.

Willian explica que existe legislação municipal que trata do tema (Lei n° 3981, de 20 de dezembro de 2004), mas o texto está defasado, motivo pelo qual se justifica a atualização das normas locais. “O projeto tem por finalidade acelerar a punição no âmbito local, com base em documentos oficiais comprobatórios da prática infracional, criando, assim, condições de proteção aos consumidores. A penalização constituirá em infração grave e sujeita a cassação do alvará e da licença de funcionamento”, propõe.

Ainda de acordo com o PL, o Poder Executivo fica autorizado a firmar convênio com a ANP e com entidades que com ela mantenham convênio para a elaboração de laudos que comprovem os casos de adulteração de combustíveis, assim como para o recebimento de informações atualizadas sobre os estabelecimentos que comprovadamente cometerem fraudes.

“A adulteração de combustível é crime, uma prática altamente prejudicial ao consumidor, pelos danos que causa ao motor do veículo e à saúde das pessoas, em consequência do aumento da emissão de poluentes, sem falar na sonegação de impostos. Embora bastante combatida, a adulteração de combustíveis é uma prática anticompetitiva e vem crescendo de forma acelerada, com frequentes denúncias em nosso município", detecta o vereador.



Versão para Impressão

Fique por dentro

Outras Notícias

Câmara de Sumaré suspende atendimento ao público para prevenir Covid-19

06 de julho de 2020

  Medida é adotada como forma de ajudar nos esforços de prevenção à circulação do Coronavírus; sessão ordinária deste terça-feira será mantida, mas poderá ser acompanhada apenas pela internet...

Leia Mais

PL de Dr. Sérgio Rosa institui Dia Municipal de Conscientização e Combate à Violência contra a Pessoa Idosa em Sumaré

06 de julho de 2020

Propositura apresentada pelo vereador pretende alertar a população e desenvolver atividades educativas sobre o tema   O vereador Dr. Sérgio Rosa (PDT) protocolou na Câmara de Sumaré o Projeto de...

Leia Mais

Câmara debate regulamentação de comércio ambulante em Sumaré

03 de julho de 2020

  De autoria do vereador Hélio Silva, PL que disciplina esse ramo da atividade econômica no município foi protocolado na terça-feira   A Câmara Municipal de Sumaré deve debater, em breve, a regu...

Leia Mais

Câmara aprova PL que aumenta o tempo de uso de veículos do transporte escolar de Sumaré

02 de julho de 2020

Projeto do vereador Willian Souza altera antiga legislação e objetiva fazer adequações às necessidades da categoria durante período de pandemia A Câmara de Sumaré aprovou durante a sessão ordinári...

Leia Mais

Câmara de Sumaré aprova LDO que prevê R$ 890 milhões para orçamento de 2021

02 de julho de 2020

Votação em segundo turno aconteceu durante a 22ª sessão ordinária do ano, realizada nesta terça-feira A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 2021 foi aprovada pelos vereadores de Su...

Leia Mais

Câmara de Sumaré vota LDO em segundo turno nesta terça-feira

30 de junho de 2020

Projeto de autoria do Executivo Municipal prevê orçamento de R$ 890 milhões para 2021 A Câmara Municipal de Sumaré vota, em segundo turno, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 202...

Leia Mais

 

Copyright 2020 Todos os Direitos Reservados | Desenvolvido por: Sino Informática.