Notícias



Aprovado PL que implementa Educação Bilíngue para surdos em Sumaré

Visualize fotos

 

De autoria do vereador Ronaldo Mendes (PSDB), projeto defende que a Língua Brasileira de Sinais (Libras) tenha seu uso difundido entre professores, alunos, funcionários, gestores e familiares

 

A Câmara Municipal aprovou o Projeto de Lei que implementa políticas públicas da Educação Bilíngue para surdos em Sumaré. O PL nº 227/2019, de autoria do vereador Ronaldo Mendes (PSDB), autoriza o Poder Executivo a estabelecer medidas necessárias para a inclusão da Língua Brasileira de Sinais (Libras) no município. Em pedido de urgência, o documento foi aprovado por unanimidade durante a primeira sessão ordinária do semestre, ocorrida na noite desta terça-feira (6). O PL segue agora para apreciação do prefeito Luiz Dalben.

A proposta é que a Libras tenha seu uso difundido entre professores, alunos, funcionários, gestores e familiares, inclusive por meio da oferta de cursos. O PL determina que o Sistema Municipal de Educação de Sumaré e suas respectivas instituições de ensino devem incluir o professor de Libras em seu quadro do magistério, além de tradutor e intérprete no quadro de funcionários.

No caso dos tradutores e intérpretes, os profissionais atuarão nas salas de aula para viabilizar o acesso dos alunos aos conhecimentos e conteúdos curriculares em todas as atividades didático-pedagógicas e no apoio à acessibilidade aos serviços e às atividades-fim das instituições de ensino.

“Objetivando garantir, obrigatoriamente, o acesso das pessoas surdas à comunicação, à informação e à educação, a legislação federal determinou uma série de medidas a serem tomadas pelos estados, medidas estas que necessitam de comando legal no âmbito estadual”, diz Ronaldo.

O vereador ressalta que o PL “está baseado nos textos legais federais, para que esta Casa Legislativa dê início ao debate de tão relevante tema no âmbito municipal, contribuindo para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência auditiva ou com grave dificuldade de comunicação oral”.

A propositura estabelece que o desenvolvimento da política educacional especial aos estudantes surdos deverá priorizar diretrizes, como a promoção de cursos de formação de professores para que eles possam ensinar e usar a Libras, traduzir e interpretar a Libras para a Língua Portuguesa e ensinar o Português como segunda língua para pessoas surdas e/ou mudas.

Também propõe como diretriz a oferta, obrigatoriamente, desde a educação infantil, do ensino da Libras e da Língua Portuguesa como segunda língua para os alunos surdos e/ou mudos. O documento ainda estabelece a garantia de atendimento às necessidades educacionais especiais de alunos surdos, desde a educação infantil, nas salas de aula e também em salas de recursos específicos, em turno contrário ao da escolarização regular.

A modalidade oral da Língua Portuguesa na educação básica deverá ser ofertada aos alunos surdos ou com deficiência auditiva e aos alunos mudos ou com grave dificuldade de comunicação oral, preferencialmente em turno distinto ao da escolarização. Isso será feito por meio de ações integradas entre as áreas da saúde e da educação, resguardando o direito de opção da família ou do próprio aluno por essa modalidade.

ORDEM DO DIA

Na mesma sessão ordinária, os vereadores aprovaram outros quatro Projetos de Lei, todos por unanimidade: o PL nº 109/2019, de autoria do vereador Marcio Brianes (PCdoB), que dispõe sobre a cobrança de multa para descarte irregular de resíduos sólidos ou lixo; o PL nº 128/2019, de autoria do vereador Dr. Sérgio Rosa (PDT), que dispõe sobre a doação de equipamento hospitalar por quem não mais o utiliza; o PL nº 153/2019, de autoria do vereador Dudú Lima (PPS), que institui a figura do “agente ecológico” no município de Sumaré; e o PL nº 172/2019, apresentado pelo vereador Willian Souza (PT), que cria o Dia Municipal de Conscientização sobre a Esquizofrenia em Sumaré.

O PL nº 23/2019, apresentado pelo vereador Professor Edinho (Rede), que institui em Sumaré o festival de pipas, papagaios e raias, a ser comemorado no mês de agosto de cada ano, foi retirado da Ordem do Dia uma vez que o autor da propositura esteve ausente da sessão.

A votação de outros dois PLs foi adiada por dez sessões: O PL nº 01/2019, de autoria dos vereadores Ronaldo Mendes (PSDB) e Décio Marmirolli (PSB), que proíbe o manuseio, utilização, queima e soltura de fogos de estampido e de artifício, assim como de quaisquer artefatos pirotécnicos de efeito sonoro em Sumaré; e o PL nº 49/2019, do vereador Marcio Brianes (PCdoB), que dispõe sobre a criação do “Programa Pomares Comunitários” em áreas públicas, praças, campos de futebol, creches, escolas e centros comunitários.



Versão para Impressão

Publicado em: 07 de agosto de 2019

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias da Câmara

Fique por dentro

Outras Notícias

Câmara de Sumaré suspende atendimento ao público para prevenir Covid-19

05 de junho de 2020

  Medida é adotada como forma de ajudar nos esforços de prevenção à circulação do Coronavírus; sessão ordinária deste terça-feira será mantida, mas poderá ser acompanhada apenas pela internet...

Leia Mais

PL aprovado garante álcool em gel nas agências bancárias de Sumaré

04 de junho de 2020

  Proposta apresentada pelo vereador Marcio Brianes prevê que cuidados sejam adotados ainda por correspondentes bancários e empresas operadoras de caixas eletrônicos   Os bancos, correspondentes...

Leia Mais

Willian cobra do Governo federal pagamento de R$ 34 milhões a Sumaré

04 de junho de 2020

  Pacote de ajuda a estados e municípios foi aprovado pelo Congresso Nacional há um mês, mas demorou a ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro   O presidente da Câmara Municipal de Sumaré,...

Leia Mais

Câmara de Sumaré será consultada em processo judicial que pede reajuste de 68,5% na tarifa do transporte

03 de junho de 2020

Magistrada reconheceu o Legislativo Municipal como amicus curiae (amigo da corte), dispositivo legal que designa uma instituição para fornecer subsídios às decisões dos tribunais   A Câmara Munic...

Leia Mais

Vereadores aprovam obrigatoriedade de álcool em gel nos ônibus de Sumaré

03 de junho de 2020

Além do projeto apresentado pelo vereador Ronaldo Mendes, outras duas propostas foram debatidas e aprovadas na sessão da última terça-feira na Câmara Municipal   Durante a sessão ordinária da Câm...

Leia Mais

Josué Cardozo solicita esclarecimentos à BRK sobre serviços durante a pandemia

03 de junho de 2020

Requerimento apresentado pelo vereador foi aprovado na última sessão ordinária da Câmara de Sumaré   O vereador Josué Cardozo (Republicanos) apresentou requerimento à empresa Odebrecht/BRK Ambien...

Leia Mais

 

Copyright 2020 Todos os Direitos Reservados | Desenvolvido por: Sino Informática.